Geografia

Vegetação da Região Sul do Brasil


A vegetação da região Sul é variada, com matas de araucária (pinhais) nos planaltos, e os campos nos pampas.

A mata dos pinhais ou de araucária cobria vastas áreas da região sudeste e era formada também por outras espécies como imbuia, cedro, canela, gameleira, angico, tamboril etc.

Com o desmatamento para construção de casas, fabricação de móveis e para dar lugar à prática da agricultura, o pouco que sobrou foi transformado em áreas de preservação ambiental.


Mata dos pinhais

A mata atlântica, com grande cobertura vegetal primitiva, cobre grande parte da Serra do Mar, que se estende na região. Nela, encontram-se espécies como a figueira, canela, pinho-bravo, embaúba, pau-óleo, ipê amarelo, ipê da serra, carvalho etc., que é um importante bioma local.


Mata atlântica

A região é ocupada também por uma grande extensão de campos. Os campos dos planaltos, que vão do Paraná até o norte do Rio Grande do sul, e os campos da Campanha Gaúcha ou Pampa, que aparecem com uma camada de erva rasteira.


Campos dos planaltos do Paraná


Campanha gaúcha, Caçapava do Sul/RS

O solo de trechos da Campanha Gaúcha, que vem sendo utilizado para criação de gado desde o século XVIII, sofre com a erosão e a degradação, especificamente no município de Alegrete, com 200 hectares degradados, formando hoje o Areal de São João, considerado o maior da região, além de outros areais que se formam nos municípios de São Francisco de Assis, Cacequi, Itaqui, e Quarai.


Localização de Alegrete


Areal de Alegrete/RS

Na região do litoral se destacam a vegetação de mangues, praias e restingas.


A restinga faz parte da vegetação da Região Sul (vegetação do litoral de SC)